José Pedro Croft (Porto, 1957) lives and works in Lisbon. He studied painting at ESBAL (University of Fine Arts in Lisbon) and sculpture with João Cutileiro. His work ranges from sculpture to drawing and etching without hierarchies. He exhibits regularly since 1980. His work is represented in the following collections: Centro de Artes Visuales Fundación Helga de Alvear (Spain), Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal), Fundação EDP (Portugal), Fundação Luso-Americana (Portugal)Fundação de Serralves (Portugal), Secretaria de Estado da Cultura (Portugal), Fundació La Caixa (Spain), Caixa Geral de Depósitos (Portugal), Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (Spain), Museu Berardo (Portugal), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Brazil), Pinacoteca do Estado De São Paulo (Brazil), Caja Madrid (Spain), Canco de Espanha (Spain), European Central Bank, sampling Albertina (Austria), Centre Georges Pompidou (France).

Jose Pedro Croft represented Portugal at the Venice Biennale 2017, curated by João Pinharanda.

 

José Pedro Croft (Porto, 195) vive e trabalha em Lisboa. Estudou pintura na ESBAL e escultura com João Cutileiro. A sua obra transita sem hierarquias entre escultura, desenho e gravura. Está representado nas seguintes colecções: Centro de Artes Visuales Fundación Helga de Alvear (Espanha), Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal), Fundação EDP (Portugal), Fundação Luso-Americana (Portugal), Fundação de Serralves (Portugal), Secretaria de Estado da Cultura (Portugal), Fundació La Caixa (Espanha), Caixa Geral de Depósitos (Portugal), Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (Espanha), Museu Berardo (Portugal), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (Brasil), Pinacoteca do Estado de São Paulo (Brasil), Caja Madrid (Espanha), Banco de Espanha (Espanha), Banco Central Europeu, Sammlung Albertina (Áustria), Centre Georges Pompidou (França).

Jose Pedro Croft representou ao Portugal na Bienal de Veneza 2017, com curadoria de João Pinharanda.